Avião do Chapecoense cai na Colômbia

​Avião com equipe da Chapecoense sofre acidente na Colômbia

De acordo com informações locais, não há relatos de mortos.

BOGOTÁ — O avião com 72 pessoas a bordo e nove tripulantes sofreu uma queda perto do aeroporto internacional de Medellín na madrugada desta terça-feira. Não há relatos de mortes. A aeronave da companhia Lamia transportava a equipe da Chapecoense e perdeu contato com a torre de controle ao sobrevoar o município de La Ceja, perto de Medellín, no noroeste da Colômbia, por volta de 22h15 (hora local). De acordo com agências internacionais, uma das causas da queda seria a falta de combustível!

O avião com matrículu CP2933 decolou do Brasil na noite de segunda-feira e chegou a fazer escala em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, antes de seguir para seu destino.

Equipes de resgate tentam se aproximar do local do acidente que seria de difícil acesso. As condições climáticas ainda dificultam a chegada ao local, de acordo com as autoridades colombianas.

A Aeronática da Colômbia informou que instalou um centro de controle no aeroporto de Medellín por conta do acidente.

O prefeito de Medellín disse através de seu perfil no Twitter que a prefeitura disponibilizou a rede de hospitais e enviou uma equipe do Departamente Administrativo de Gestão de Risco e Desastre ao local do acidente.

O aeroporto internacional de Medellín confirmou em sua conta no Twitter que a aeronave tinha partido da Bolívia. A equipe da Chapecoense disputaria a final da Copa Sul-Americana contra Atlético Nacional, na quarta-feira, em Medellín. Até o momento, não foi emitido nenhum comunicado pelo clube catarinense. 

Em seu perfil no Twitter, o Atlético Nacional lamentou o acidente e prestou solidariedade a Chapecoense: “Nacional lamenta profundamente e se solidariza com @chapecoensereal por acidente ocorrido e espera informação das autoridades.”

Fonte: O Globo

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *