Movimento reúne alunos, professores, manifestantes e prefeito em protesto.

A UFU-Uberlândia está em greve. Desta vez, vários setores se mobilizaram para o movimento.  Alunos, professores, intérpretes e até o técnico da faculdade aderiram à paralisação. Dentre as várias reivindicações pela melhoria da educação na unidade e em outras espalhadas pelo triângulo, entram também questões políticas.

A paralisação já dura três dias e já é uma das maiores da história da UFU ( em relação à setores que aderiram)

5
Na UFU Santa Mônica, os corredores vazios mostravam a quietação do local
7
Insira uma legenda

ALGUNS MOTIVOS DA GREVE

  • Melhorias no campus de Monte Carmelo
    Segundo os manifestantes, o campus está sem condições de operar. Com vários problemas na estrutura, ele estaria até sem água.
  • Fora Temer
    A saída do vice de Dilma é uma das principais reivindicações.
  • Intercampi flexível
    Os manifestantes pedem horários e condições mais flexíveis para usufruir do ônibus que leva os estudantes.
  • Fechamento do HC da UFU
  • Direitos estudantis
  • Garantia da Cultura, e vários outros.
4
O movimento concentrado na Praça Clarimundo
3
A principal solicitação dos manifestantes é a saída de Temer da presidência.
2
O atual prefeito Gilmar Machado também marcou presença no movimento.

Comments

comments

Douglas Alves

Douglas é fundador da página Uberlândia Blitz no Facebook e também editor do site e redes sociais do veículo. Apaixonado por comunicação. Fã de memes e formado em zoeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curta nossa página close[x]