Praia Clube em Uberlândia isola bosque após macacos serem achados mortos na região

A diretoria do Praia Clube em Uberlândia convocou a imprensa na tarde desta terça-feira (28) para informar que foram encontrados 12 macacos mortos na região do bosque da entidade. Atualmente, o clube tem 46 mil associados e todos terão que comprovar estar imunizados contra a febre amarela para poderem frequentar as dependências do clube.

O clube, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, informou que já estão sendo tomando as providências necessárias de acordo com protocolos de saúde. Entre as medidas estão:

  • Isolamento da área do bosque
  • Exigência para entrar no clube do cartão de vacina atualizado para febre amarela (a partir de 30/05)
  • Instalação de um posto de vacinação na Praça Primo Crosara (em frente ao Praia Clube) para a imunização dos associados, colaboradores e comunidade em geral, juntamente com equipes da Prefeitura (a partir de 31/05)

O assessor técnico da Secretaria Municipal de Saúde, Clauber Lourenço, disse durante a coletiva que entre quarta-feira (22) e segunda-feira (27) foram encontrados 12 macacos na região da mata localizada no Bairro Cidade Jardim. Destes, 11 tinham condições técnicas de envio para análise do que realmente foi a causa de morte deles. O tempo para para que os resultados dos exames sejam divulgados é de até 40 dias.

“Na segunda (27), eles foram enviados ao Estado, exceto um que não tinha condições técnicas, pois o corpo já estava em decomposição. Já iniciamos o fator de prevenção, cuidados, para que todo macaco encontrado em zona de floresta ou de bosque, temos de ter o cuidado de pesquisar a febre amarela. Não significa que seja a febre amarela, mas existe o cuidado e a presunção do possível positivo e os cuidados que têm de ser tomados. Por isso, a população do entorno será convidada a atualizar o cartão vacinal. É prudente e seguro para essas pessoas”, acrescentou.

O assessor técnico ressaltou que a Secretaria de Saúde terá acesso a lista de todos os funcionários do clube e realizará a verificação do cartão de vacina. Segundo ele, para as pessoas que perderam o cartão, é possível fazer uma consulta junto ao sistema da secretaria para tentar confirmar se o indivíduo está ou não imunizado.

“Após vacinada, a pessoa tem que aguardar o prazo de dez dias para voltar a frequentar as dependências do clube”, completou.

Já o presidente do Praia Clube, Carlos Augusto Braga, explicou que o primeiro animal foi encontrado por funcionários na área do bosque localizada na região do Bairro Cidade Jardim. A área tem aproximadamente 51 mil metros quadrados de extensão. Logo em seguida, segundo ele, todas as medidas protocolares foram tomadas.

“Imediatamente acionamos a Secretaria de Saúde. Fizemos todo o processo com transparência para que o procedimento pudesse ser eficiente. O Praia é cercado de matas, então o animal circula no bairro, não somente no clube. Quem tiver a vacina está protegido. Estamos sendo responsáveis com as próprias pessoas que moram na região”, afirmou o presidente.

Braga reforçou que a verificação dos funcionários será realizada nesta quarta-feira (29). Na ocasião, aqueles que não estiverem imunizados serão vacinados, mas terão de aguardar o prazo de dez dias para voltar ao trabalho. O prazo vale também para os sócios.

Outros macacos

Ainda conforme o Lourenço, este ano outros quatro macacos já haviam sido localizados mortos na cidade em 2019, mas os exames sobre febre amarela deram negativo para todos eles. Os bairros não foram informados. O assessor também confirmou que um caso foi registrado como positivo em 2018.

Imunização

Com relação à vacinação contra a febre amarela, a Prefeitura informou que dentro do Praia Clube será para funcionários, inclusive terceirizados, e começa nesta quarta-feira (29) e que na praça em frente ao clube será na sexta-feira ( 31).

“Nós acreditamos que as pessoas estejam com os cartões de vacina em dia e que quem não tiver possa se imunizar. Atualmente o município conta com 74 pontos de vacina para a população”, ressaltou o assessor técnico, lembrando que cerca de 95% da população está imunizada contra a febre amarela.

O empresário Wilson Leal, de 75 anos, é sócio do clube desde 1978. Com o cartão vacinal em mãos, ele disse estar tranquilo, pois foi vacinado em 2017. O sócio espera que toda a população se conscientize e regularize a situação.

“Em toda campanha de vacinação eu me vacino e acho que toda a população tem que fazer isso. Estou tranquilo, vou poder continuar frequentando o clube normalmente para fazer minha caminhada”, contou.

Calendário Esportivo

De acordo com o presidente do Praia Clube, Carlos Augusto Braga, as competições – de qualquer modalidade – previstas para serem realizadas no clube nesse período serão realocadas em Uberlândia. Caso não seja possível, serão adiadas. As escolinhas e times de competição seguem o cronograma normal, mas os atletas precisam se adequar.

“Em relação às competições, as que estão programadas para o Praia serão remanejadas para outras praças de Uberlândia. As que não forem possíveis serão adiadas. (Sobre as escolinhas e times de competição) Boa parte dos nossos atletas já é vacinada. Estamos fortalecendo o fato de que todo mundo tem que cumprir a situação vacinal. É um sacrifício, mas pelo bem estar de todos”, disse o presidente.

Febre amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infectados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados Haemagogus e Sabethes.

É importante ressaltar que os macacos não são transmissores da febre amarela para os seres humanos.

Nas cidades, a doença pode ser transmitida principalmente por mosquitos da espécie Aedes aegypti. Não há transmissão direta de pessoa a pessoa.

Os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza.

Via: g1

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =