VIOLENCIA DOMESTICA – novela aborda o tema de violência contra a mulher

Novela da globo retrata violência domestica

Dentro do nosso intuito de debater sobre o Feminicídio, a novela colabora para a nossa matéria

O outro lado do paraíso é o nome da novela que começou agora dia 23 de Outubro de 2017 vai retratar uma das maiores mazelas (não muito comentadas) que acontecem no Brasil.

Violência dentro do casamento é algo que é sempre colocado “debaixo dos panos”, como dito em um ditado popular: “em briga de marido e mulher, não se mete a colher”.

Com essa ideia de não se intrometer, deixa-se de ajudar muitas mulheres. Acabamos muitas vezes como cúmplices desse tipo de crime! Isso mesmo! Cúmplices!!

Segue um trecho de agressão da novela na noite de núpcias:

Clara (Bianca Bin) será vítima de violência doméstica logo nos primeiros capítulos de “O outro lado do paraíso”. Gael (Sergio Guizé) será agressivo com ela na noite de núpcias.

Na ocasião, ele beijará a mulher com fúria:

– Você é minha. Minha.

Clara tentará se afastar, mas ele a puxará pelo braço:

– Eu te amo.

– Estou com medo – responderá a mocinha.

– Cala a boca – ordenará o rapaz, que machucará os braços dela.

No dia seguinte, Gael tentará pedir desculpas, deixando claro que foi agressivo também na hora do sexo:

– Fui bruto, não fui? Me perdoa. Eu te amo muito. Te desejava tanto, tanto que não consegui ter calma. Ser carinhoso como merecia. Foi o excesso de amor.

– Eu sonhava com uma noite linda. Pensei que ia ser de outro jeito – observará Clara.

E aí, você já vivenciou ou já viu isso acontecer em algum lugar? Soa muito familiar, não é mesmo?

O agressor erra, depois pede desculpas, promete mudanças, e isso acontece milhões de vezes mais.

Não entende como as mulheres não conseguem sair desse tipo de relação abusiva?

Infelizmente elas vivem de promessas vazias, de medo, muitas vezes dentro dessas promessas tem muita agressão psicológica e muita manipulação, a mulher deixa de acreditar que pode ser independente, que pode viver sozinha e feliz, o agressor a faz sentir como se precisasse dele para viver, caso contrário não vive. Mesmo sem forças para viver, ela não consegue acreditar no contrário, talvez, exatamente, por essa sucção de energia que ela não tenha forças para sair desse tipo de relação.

Além de tudo, muitas das vezes essas ameaças psicológicas são bem diretas, são como:” vou te matar se você me largar” ou “você fica comigo ou com mais ninguém” e daí se desdobra em mais ameaças.

Então, o certo é não Julgar! Ajude! Denuncie!

MARIDO TAMBÉM É AGRESSOR, MARIDO TAMBÉM É ESTUPRADOR!

 

Matéria por: @scarlettcalil

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 9 =