Vitiligo: sobre ter nuvens na pele

Ronaldo Filho, mora em Uberlândia é fotógrafo e escritor, e tem vitiligo. Ronaldo conseguiu descrever de uma forma bem sucinta, um pouco da vida de alguém que com vitiligo. Pra você que não conhece ou quer saber mais sobre, vale a pena a leitura.

Sobre o vitiligo…
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Nada mais é que a despigmentação da pele.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Nossa pele produz a melanina, responsável pela coloração da pele, logo, quem possui o vitiligo, tem essa diminuição na produção da melanina, o que resulta nas ‘manchas’.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O vitiligo pode se apresentar de forma isolada no corpo, não aparecendo em mais áreas (focal), ou tomar o corpo de forma geral (universal), se espalhando pelo corpo todo sem uma sequencia lógica. Algumas pessoas podem apresentar o vitiligo de forma simétrica (vulgar), onde uma mancha numa região pode se ‘espelhar’ na outra metade do corpo. Outros desenvolvem o vitiligo apenas nas extremidades (acrofacial), este é o meu tipo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Embora seja tratada como uma doença de pele (por apresentar alteração daquilo que se julga normal para um ser humano comum), não a considero como tal, mas há de se ter todo o cuidado no que diz respeito à exposição solar. É uma região que se torna mais sensível pela ausência de melanina.

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
NÃO! VITILIGO NÃO É TRANSMISSÍVEL!

Mesmo que já seja um assunto um pouco mais popular do que dez, quinze ou vinte anos atrás, ainda existem pessoas que perguntam isso.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não há uma relação quando à hereditariedade, estudos mostram que não. Seu surgimento pode estar relacionado com o emocional. No meu caso, ansiedade e estresse podem ter sido os principais motivos. Conheço pessoas que tiveram traumas emocionais e que desenvolveram o vitiligo logo depois.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
A evolução depende de cada caso. Convivo com o vitiligo há 19 anos e considero minha evolução pequena se comparado a casos de pessoas que, em um tempo menor, o vitiligo evoluiu por todo o corpo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não existe uma cura. Alguns tratamentos paliativos podem ser usados, porém não foi comprovado uma cura real e/ou efetiva, mas sim uma espécie de reversão das manchas.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sobre aceitação…

Quem me conhece sabe que nunca fiz drama e nem fiquei triste por conta do vitiligo. Bem ao contrário, sempre fiz piada, afinal de contas, eu posso (haha). Creio que a aceitação pra mim foi algo tão natural e automático que nem percebi, porque sempre me achei igual.
Aliás, não somos todos iguais diante do Criador?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Quando comecei a usar as hashtags com a palavra vitiligo, e quando comecei a pesquisar perfis na internet para interagir e discutir sobre o assunto, me deparei com pessoas que se aceitavam assim de forma muito tranquila. Achei muito bacana e fiquei feliz de ter pessoas que pensam como eu com relação a isso.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Porém, sabemos que o pensamento não é o mesmo para todos. Assim como conheço pessoas que estão de bem com seus corpos cheios de maravilhosas ilhas, conheço pessoas que não se aceitaram e buscam tratamentos de alguma forma. Acho válido, pois cada um está em sua jornada e devemos respeitar toda forma de escolha!
Eu mesmo fiz tratamento nos primeiros cinco ou seis anos de descoberta do vitiligo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Não vou dizer para nunca procurar um tratamento, jamais! Sempre que alguém com vitiligo me procura para saber se faço algum tratamento e qual seria ele, eu explico que não faço mais e que me aceito assim. Outras pessoas me procuraram perguntando como eu conseguia viver assim ou como consegui me aceitar.
Quando a gente se ama verdadeiramente, não tem porquê ficar se escondendo ou evitando multidão porque você possui vitiligo.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Deve-se lembrar que o preconceito está no olhar alheio de quem julga; no falar áspero do outro que não entende; e na mente daqueles que podem te enxergar de forma estranha e se afastam de você com algum receio. Nunca dê permissão para que outros determinem como você deve se sentir a respeito de si mesmo!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Acho válido e muito importante que a pessoa busque em seu interior a aceitação de quem você realmente é, e isso vale para todas as questões que a sociedade e, principalmente, a vida, impõe hoje.
Se você está bem consigo mesmo, se ama e se aceita, naturalmente tudo ao seu redor fluirá melhor!
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sobre respeito…

– Você faz tratamento?
– Você está descascando!
– Cara, você vai ficar igual o Michael Jackson!
– Tenho uma receita pra suas manchas…
– Já ouviu aquele tratamento que veio de Cuba?
– Acho que tu saiu de casa com o batom errado!
– Lá embaixo também é assim?
– Nossa, coitado, se queimou como?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Já ouvi esses e outros absurdos um monte de vezes. E quem que não tem vitiligo já não ouviu isso e outras barbaridades? Dá pra escrever um livro de contos cômicos com o que já passei! kkk
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Eu amo quando me perguntam sobre vitiligo ou pedem pra falar sobre o que penso, porque geralmente são assuntos interessantes e/ou inteligentes. Afinal de contas, quem já me procurou para perguntar sobre como me sinto em ter vitiligo, sabe que sou super tranquilo pra falar do assunto. Entretanto, sabemos que nem todos compartilham do mesmo grau de permissão de abordagem!
E aí que algumas pessoas tendem, às vezes sem querer, a incomodar.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O desrespeito começa quando suas palavras e ações podem interferir de forma negativa na bolha pessoal e de conforto do outro. É natural perguntar sobre algo que você não está acostumado a ver ou conviver, assim como é natural ser sucinto e saber quando, onde e se deve perguntar.
Cabe a cada um de nós avaliar se é necessário este tipo de pergunta quando não lhe é dado a intimidade, porque nem todos tem o mesmo grau de liberdade de assunto.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Em suma, para minha vida, não considero o vitiligo uma doença, mas sim um toque especial do Criador que misturou dois tipos de tinta em sua paleta quando estava me fazendo, daí uma desbotou e a outra não (haha).
Cada um de nós é uma obra de arte à parte, se você for pensar, e devemos respeitar todos independente de como são. É muito simples: não faça com o próximo o que não gostaria que fizessem contigo! Isso é válido para tudo.

O texto é da autoria do próprio Ronaldo. Para quem quiser conhecê-lo, basta seguir no Instagram abaixo:

Compartilhe notícia!

Lineker Campos

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 20 =